Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Milionário & Eu

por Andrusca ღ, em 07.01.12

Parte 9 – Segredo? Que Segredo?

 

Duas semanas se tinham passado e após uma grande insistência da parte de Melody, os seus amigos tinham aceitado que Liam andasse com eles. As coisas andavam calmas, Liam já andava mais descontraído e não dizia tantas baboseiras, pois agora percebia melhor a realidade em que antes não vivia.

- Ele não é mauzinho – comentou Tessie, sentada num dos bancos do pátio, enquanto Liam ainda não tinha chegado.

- É… agora que já o conhecemos melhor até não desgosto dele – disse Sonny.

- Vêem? Eu disse-vos – afirmou Melody, cheia de orgulho.

- Pois, pois, hás-de nos dizer o porquê de o teres ajudado visto que o detestavas tanto – disse Elliot. A loira encolheu os ombros. “Se fosse eu ia gostar de ter alguém para me ajudar”, pensou ela, “se bem que se perdesse todo o dinheiro não ia fazer um escândalo enorme como ele, mas ia custar”.

- Mel! Oh Mel! – Gritavam lá do fundo. Liam vinha a correr com uma revista na mão e chegou ao pé dos amigos já sem fôlego.

- Acalma-te – disse Melody –, o que foi?

- Is… isto – disse ele, ao apontar para a revista.

Melody agarrou na revista, na página em que estava aberta, e deu com uma fotografia sua ao lado de Harry, a passearem pela cidade. Começou a ler o que estava escrito por baixo, tal como todos os seus amigos que tinham feito uma meia-lua atrás dela.

 

Parece que o vocalista mais desejado da actualidade… já não está solteiro. Harry Meyer, vocalista dos Three Lights, foi visto várias vezes na companhia desta beldade loira, sempre de sorriso nos lábios. A nossa revista quis averiguar melhor o caso e responder a uma das perguntas mais persistentes: mas afinal quem é a loirinha que roubou o coração à nossa estrela?

Chama-se Melody Baldoff e tem dezassete anos. O nome soa familiar? Pois, é que a nossa Melody é, nada mais, nada menos, que a filha de Peter Baldoff, um dos homens mais ricos da América.

Confrontado com as perguntas sobre a origem do relacionamento com Melody, Harry submeteu-se ao silêncio afirmando apenas “não tenho nada a comentar”. Terá esta rapariga roubado mesmo o coração da super estrela, ou saberá ele o que lhe dá protagonismo?

Até ao fecho desta edição Peter Baldoff esteve sempre incontactável e…

 

Melody fechou a revista em choque e olhou para Liam, que encolheu os ombros. Olhou depois para os amigos, que estavam de boca aberta a olhar para ela.

- É verdade? – Perguntou Sonny. A loira apenas assentiu com a cabeça – Porque é que não nos contaste?

- Ao princípio porque vos queria conhecer e perceber se eram mesmo meus amigos, mas depois… depois de vos começar a conhecer temi que se vos contasse me fossem tratar de maneira diferente… - justificou-se ela.

Tessie riu-se.

- Somos teus amigos, não do teu dinheiro tonta – disse ela, fazendo com que Melody soltasse também um pequeno risinho.

- Rica ou pobre, estamos aqui para ti – disse Elliot, abraçando-a. Liam sorriu, finalmente tinha percebido o que Mel lhe quis tanta vez explicar. Eles eram amigos dela por gostarem dela, mesmo que ela não lhes desse nada.

- Obrigada pessoal – disse ela.

- É por isto que nunca fomos à tua casa? – Perguntou Sonny – Porque se é, então hoje vamos lá almoçar.

Melody riu.

- Combinado.

 

*

 

Melody estava à espera dos amigos, ao pé do portão, com Liam. Eles tinham saído mais cedo das aulas e tinham-se encontrado por acaso, por isso a loira incluiu-o no convite para o almoço.

- Como te estás a adaptar? – Perguntou-lhe.

- Por acaso… não muito mal – admitiu – Até é bom não ter que estar sempre a pensar no que dar às pessoas. A Candace hoje trouxe o colar que lhe dei, e só consegui pensar “bolas, que desperdício”.

- Vês? Eu disse-te que sobrevivias.

- Se não fosses tu… com tudo aquilo que ouvi nos corredores acho que se não fosses tu…

- Sobrevivias na mesma, eu só dei um empurrão.

- Um? Muitos!

Foram interrompidos por Candace, que se aproximou e pousou a mão em cima do ombro de Melody.

- Melody, queri…

- O que queres? – Cortou-lhe a loira a palavra.

Candace suspirou.

- Ouve, eu sei que tivemos problemas no passado, mas eu e o meu grupo conversámos e gostávamos que… - só aí Melody viu a revista que repousava nas mãos da arqui-inimiga. “Já começou”, lamentou-se.

- Podes parar – anunciou – Lembras-te qual foi a primeira coisa que disseste quando me mudei para cá?

- Bem… já foi há muito tempo.

- Disseste que pela minha roupa tinha vindo de um gueto e nunca na vida te ias misturar comigo – afirmou Melody – É incrível o que algum dinheiro pode fazer a pessoas sem carácter, não achas Candace? Vai-te lixar.

- Mas eu…

- Adeus Candace.

A rapariga bufou e virou costas, furiosa, perante as gargalhadas de Liam. Melody suspirou.

- O segredo descobriu-se – lamentou ela.

- Lamento – disse ele.

- Tens noção da falta de sossego que vou ter? – Ele riu-se mais – Não tem graça, a Candace foi a primeira porque é a que menos vergonha tem. Isto vai ser uma desgraça Liam…

- Podia oferecer-me para ajudar mas… tu pareces saber defender-te muito melhor que eu.

 

Eu sei que a escola já começou, mas se têm tempo para ler, também têm para comentar, right?

Por isso... comentem x)

6 comentários

Comentar post