Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Love Between Changes

por Andrusca ღ, em 13.04.11

Capítulo 10

Preparativos

 

- Não, mais um bocado para a direita – mandei – Meu, a direita, não a esquerda! Espera! Um pouco mais… perfeito!

Estava com Amy, Lucy, Kristen e mais uns colegas quaisqueres a enfeitar o ginásio para o Baile de Regresso ao Lar, e, não é para me estar a gabar, estava ficar fabuloso.

Se aqueles dois falhados soubessem distinguir a direita da esquerda já nos tínhamos despachado mais depressa… mas pronto.

Mas o trabalho estava finalmente a dar os seus frutos… e era uma boa maneira de nos baldarmos às aulas sem levarmos falta.

O palco estava praticamente pronto, a faixa num tom cor-de-rosa choque com letras a dourado a dizer “Baile de Regresso ao Lar” já estava pendurada por cima, e os electricistas estavam a acabar o seu trabalho.

- Toma – disse Amy, dando-me mais uma caixa com balões já cheios, brancos, dourados e rosas. Este ano as cores das decorações eram estas, no ano passado tínhamos usado mais os azuis e prateados.

- O que é que queres que faça com isso? – Perguntei.

- Olha que pergunta – revirou os olhos – Metes no palco, claro.

Quase que me mandou a caixa e foi-se embora. Isto é que é cá uma lata… tudo bem que estávamos quase a acabar, mas bolas, não me iam deixar a fazer tudo sozinha, pois não?!

- Nós temos que ir às compras – disse Lucy – Acabas isto? Já está quase…

- O quê?! Mas é que nem sonhem! – Tarde demais. Tinham saído pela porta do ginásio e tinha os geeks todos a olhar para mim. Simplesmente perfeito.

Comecei a colar os balões na borda do palco, para enfeitar, sempre com o cuidado de deixar o mesmo espaço, e colei uns quantos também nas paredes para dar uma certa graça. Suspirei, ainda faltava encher vários balões para pôr na rede do tecto, que mais tarde cairia deixando os balões caírem para cima de todos, quando fossem anunciados o Rei e Rainha do Baile.

Pouco a pouco todos se foram embora, deixando-me completamente sozinha neste ginásio vazio. Descalcei-me, os saltos das sandálias já me estavam a magoar os pés, e sentei-me no chão e encher os balões que faltavam. Já estava a ficar sem fôlego, a esta rapidez ia ficar aqui para sempre.

- Queres ajuda? – A voz veio de trás de mim e eu olhei para lá. Kevin sentou-se no chão, ao meu lado, ajeitou o cabelo e sorriu-me.

- És o meu salvador – disse-lhe, metendo a caixa com os balões vazios entre nós.

- Eu sei – disse, fazendo uma expressão convencida que me fez rir. – Já tens par para o baile?

- Não – Tive vários convites durante a semana, mas não quis aceitar nenhum. Na verdade, pela primeira vez, não me apetecia ir a um baile – e tu?

- Agora tenho – sorriu-me o piscou-me o olho.

- Com uma condição: tens que me vir ajudar a comprar um vestido…

- O quê?! Mas o baile é já hoje Daph.

- Eu sei… por favor… eu não demoro, juro…

- Está bem, chata.

- Adoro-te melhor amigo.

- Pois, pois, também te adoro.

Depois de enchermos os balões todos ele ajudou-me a pendurar a rede e quando acabámos contemplámos o nosso trabalho. O ginásio tinha ficado completamente de tirar o fôlego, ainda melhor que no ano passado.

- Bom trabalho – disse Kevin.

- Os méritos também são teus – dei-lhe duas pancadinhas no ombro e depois saímos da escola em direcção ao Centro Comercial.

Ainda não acredito que aquelas emproadas me deixaram lá a trabalhar e vieram comprar os vestidos sozinhas. Parvas.

Andámos às voltas durante um tempo e Kevin já me estava a chatear de tanto dizer para voltarmos para casa, que eu usava um vestido que já tivesse e blá-blá-blá, quando o vi. Era tão perfeito. E ia ser tão meu.

Andei num passo apressado até à montra e observei-o melhor. Era em cetim, num tom de rosa velho, e até aos pés. Tinha um decote algo generoso e as alças subiam dele e iam até atrás do pescoço, sempre trabalhadas a prateado.

- Aquele – disse, para Kevin – Aquele é perfeito.

Fui experimentá-lo e assentava-me que nem uma luva. Ficava-me mais que bem.

Kevin suspirou de felicidade quando lhe disse que estávamos despachados, pois sapatos já tinha comprado.

Fomos cada um para a sua casa para nos despacharmos, íamo-nos encontrar todos à porta da escola à hora do baile.

Jantei calmamente e tomei um banho em seguida. Depois de vestir apenas a roupa interior pus-me em frente ao espelho a pensar no que ia fazer ao meu longo cabelo loiro. Decidi-me por formar longos cachos com o modelador ao longo de todo o cabelo, e depois prender apenas dois bocadinhos dos da frente atrás, formando uma espécie de mini carrapito e deixando o resto dos cachos caírem naturalmente. Quando vi o resultado final sorri orgulhosa. Estava óptimo, sem tirar nem pôr. [cabelo]

Apliquei a maquilhagem, nada de muito exagerado, e vesti finalmente o meu vestido e pus umas quantas pulseiras prateadas. Calcei umas sandálias de salto alto, prateadas, e com poucas tiras.

Agarrei numa pequena malinha de cerimónia, também prateada, e lá dentro meti o meu telemóvel, as chaves de casa, e a maquilhagem.

Olhei para o relógio, estava na hora.

Saí de casa e entrei para o meu descapotável. A noite estava quente, ainda bem, assim não tinha que usar a encharpe prateada, que de certo modo, tapava o esplendor do vestido.

Conduzi até à porta de escola e já antes de estacionar o carro os tinha visto. O meu grupo esperava à porta, tal como combinado.

 

O vestido e o cabelo têm hiperligações, espero que gostem ^^

Hoje não sei se consigo postar mais algum porque vou sair,

se conseguir depois posto ^^

Beijinhos ^^

26 comentários

Comentar post

Pág. 1/3